Atravessar o Algarve em bicicleta

Atravessar o Algarve em bicicleta

Lá vou eu mais uma vez atravessar o Algarve em bicicleta.

Para quem não esteja muito familiarizado com estes temas, entre as rotas que atravessam o Algarve, há duas mais conhecidas ou talvez mais percorridas: a Via Algarviana e a Ecovia do Litoral.

A Via Algarviana, com cerca de 300Km foi desenhada para ser percorrida a pé, de Alcoutim ao Cabo de São Vicente através das serras algarvias mas também é utilizada por ciclistas mais atléticos. A Ecovia do Litoral é uma ciclovia com um pouco mais de 200Km e que vai do Cabo de São Vicente a Vila Real de Santo António por um trajeto intencionalmente litoral fazendo jus ao nome.

No caso da minha viagem irei optar por um percurso baseado na Ecovia do Litoral mas que ao longo dos últimos anos tenho vindo a redesenhar à minha maneira. Neste meu trajeto já eliminei algumas secções que a meu ver estão menos felizes na Ecovia e tenho vindo a incluir zonas que considero “obrigatórias” num trajeto como este.

São várias as críticas que podem ser feitas ao traçado original da Ecovia e eu próprio tenho várias. Mas, antes de mais há que elogiar o facto de esta Ecovia existir e ter dado um grande impulso a grandes travessias em Portugal.

Claro que não poderia deixar também de apresentar algumas das críticas mais frequentes:
– manutenção desigual entre autarquias sendo que em alguns locais já pouco se consegue identificar o traçado da Ecovia;
– demasiada utilização da N125, atenção que qualquer utilização desta estrada é sempre demais;
– não atualização do percurso conforme vão aparecendo novos pontos de interesse.

Tanto a Ecovia como a minha versão da mesma, estão desenhadas para serem percorridas por bicicletas de todo-o-terreno e/ou híbridas. A bicicleta de estrada fica completamente fora deste contexto porque há troços de terra batida onde os pneus fininhos de uma bicicleta de estrada não são as rodas indicadas para o efeito.

Claro que haverá sempre um “caramelo” que ao ler isto dirá que fez este percurso com uma bicicleta de estrada ou algo do género. Ainda bem que o fez mas o equipamento não era o mais adequado.

Após uma utilização intensiva de BTT’s, ultimamente o meu interesse tem recaído mais pelas bicicletas híbridas que me permitem disfrutar do passeio de forma diferente, mais tranquila e detetar melhores oportunidades de fotografia.

A forma como gosto de fazer este trajeto é em modo de passeio, apreciar a paisagem, falar com os(as) companheiros(as) de viagem, relaxar, conhecer locais e provar a gastronomia.

Como na bicicleta híbrida o ciclista vai numa posição em que leva o tronco a estar mais vertical, este acaba por ter mais possibilidade de ver o que se passa ao seu redor sem chegar ao final do dia com a famosa dor de pescoço que é uma queixa habitual quando se usa uma BTT nestas situações.

Também a híbrida pode ter amortecedor frontal e mudanças. Inclusivamente este conjunto de equipamentos é bastante frequente nestas bicicletas.

Assim sendo, um trajeto maioritariamente plano e com um piso regular, feito numa boa bicicleta é acessível à maior parte das pessoas com uma preparação física razoável.

Naturalmente que isto não quer dizer que os trajetos diários sejam fáceis.

Se considerarmos um total de +/-210Km a fazer em 4 dias, teremos dias em que faremos 60Km e outros com 30 ou 40Km, depende sempre do trajeto conjugado com os alojamentos.

Pedalar cerca de 60Km por dia carece de preparação prévia mas, tal como disse, está ao alcance da maioria das pessoas que tenham alguma preparação física.

Só irei rever este percurso em meados de Novembro, tentando aproveitar o esperado Verão de São Martinho já que antes disso estarei ocupado com outras viagens e eventos em Portugal e Espanha.

Promovemos este passeio nos meses de Março, Abril e finais de Outubro que são os meses em que mais conseguimos usufruir das belezas que o Algarve tem para nos oferecer e que em meses de maior pressão turística não as conseguimos apreciar.

Aliás, é também nestes meses que temos uma temperatura fabulosa, um pouco fresco de manhã, algum sol durante o dia e a hora dourada da fotografia, o pôr-do-sol, multiplica as oportunidades de fotografias memoráveis.

Não tenho uma vida muito planeável e por isso não gosto muito de fazer planos muito firmes ou, melhor dizendo, necessito de deixar o meu calendário com alguma flexibilidade porque há sempre possibilidade de aparecerem aventuras irrecusáveis.

Mas, ainda assim, aponto esta aventura para meados de Novembro.

Sozinho ou acompanhado? Essa é sempre outra grande surpresa … a ver vamos.

Bem hajam,

David Monteiro

 

12 thoughts on “Atravessar o Algarve em bicicleta

  1. É verdade , que saudades. Em que ano foi? 2012? Apesar de mais velhota, talvez repita este programa lá para Março. Vou tentar arranjar um grupo.

    Enviado do meu iPhone

    No dia 26/08/2016, às 15:17, Montes e Vales escreveu:

    > >

    Gostar

  2. Olá David, tudo bem?
    Há já muito tempo que não participamos em aventuras contigo… mas esta de atravessar o Algarve em bicicleta acho ótima e se tiver tempo disponível na altura gostava de alinhar.
    Beijinho
    Filomena

    Liked by 1 person

      1. O Carlos está fixe. Estamos aqui pela Charneca até 2ª feira e temos feito umas corridinhas na mata.
        O pai dele é que já não está muito bem, pois já são 85 anos e temos de dar-lhe algum apoio.
        Quando fizeres umas bicicletadas por aqui ao fim de semana, diz qq coisa pois pode ser que dê para te acompanhar.
        Beijinho
        Filomena

        Gostar

      2. Lamento a situação do pai do Carlos … enfim, a idade vai fazendo os seus estragos.
        Eu moro em Lisboa já há 3 anos e vou sempre fazendo uns passeios “civilizados” … recomeço agora em Setembro.
        Bjs e ab’s
        David

        Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s