Caminhar na Faja de las Flores, Ordesa e Monte Perdido, Espanha

Caminhar na Faja de las Flores, Ordesa e Monte Perdido, Espanha

Na Faja de Las Flores caminhamos num trilho a 1000m do solo no imenso Vale de Ordesa.

Grande parte deste trajecto assemelha-se a uma plataforma em altitude que a certa altura curva para dentro do vale.

A Faja de las Flores, como se entende, fica no Parque Nacional de Ordesa y Monte Perdido, em Espanha.ordesamonteperdido-002-espana

Uma “Faja” é uma faixa e neste caso identifica uma zona que tem um perfil como se fossem socalcos gigantes no Vale de Ordesa. Espaços onde a rocha apresenta uma saliência estreita mas comprida.

Podemos aceder à Faja de las Flores desde vários pontos, dependendo de onde se vem e para onde se vai.

De um lado temos o Refúgio de Goriz, as Clavijas de Cotatuero e a Brecha de Roland e do outro lado teremos o Circo da Carriata, Tozal del Mallo, Clavijas de Carriata deixando de fora uma miríade de trilhos de ambos os lados.

Seja como for, há um trilho que se desenvolve ao longo de uma saliência na parede rochosa a cerca de 1000m de altura do solo. A altitude média da zona é de 2350m face ao nível médio das águas do mar.

Esta dita saliência por vezes deixa-nos pouco espaço por onde andar mas outras vezes fica bem mais larga tendo vários metros. A caminhada desenvolve-se ao longo de sensivelmente 3,5Km.

É um trilho muito conhecido nesta zona e percorrido constantemente por caminheiros nas mais diversas direcções.

Não obstante o trilho em si mesmo não ser difícil de fazer, tem várias dificuldades associadas como sejam os mais de 1000m de desnível que há que vencer para ali chegar se partimos da zona do parque de estacionamento e a sensação de vertigens que algumas pessoas podem ter ao caminhar a esta altura, entre outros potenciais obstáculos dependendo desde onde vimos e para onde vamos.

Umas das primeiras situações que me saltou à vista quando pesquisava sobre a Faja de las Flores e por isso lia relatos e via vídeos, foi uma zona que é necessário escalar e que no momento pensei que fizesse parte do trilho, refiro-me às Clavijas de Cotatuero.

Qualquer pesquisa de Faja de las Flores conduzirá de forma directa ou indirecta à zona das ditas “Clavijas” que, sendo muito interessante, não faz parte da Faja de las Flores nem é obrigatório passar por aqui para aceder a esta Faja.

As Clavijas de Cotatuero são mesmo muito interessante e algum dia irei dedicar outro post só ao local mas, ainda assim, estão fora deste contexto.

O vídeo foi feito com a colaboração do meu filho José Monteiro e é uma das poucas oportunidades em que apareço num vídeo ou foto – obrigado Zé – durante uns excelentes dias de férias.

David Monteiro

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s