Glamour na Casas do Côro, Marialva

Glamour na Casas do Côro, Marialva

Escrever sobre um hotel num blog de turismo ativo?

Claro que sim porque há casos que valem a pena serem mencionados.

Quando penso numa viagem o mais frequente é pensar no destino e logo a seguir no alojamento mas as Casas de Côro (http://www.casasdocoro.pt/) são o exemplo de serem o destino e, então aí procuramos algo que fazer e posso dizer que atividades possibilidades não faltam.

Há tanto para dizer que serão necessários vários posts. Farei que sejam como bombons de uma caixa que vamos comendo devagar.

As Casas do Côro localizam-se em Marialva uma das aldeias historicas de Portugal (http://www.aldeiashistoricasdeportugal.com/en/) o que por si só já é razão suficiente para uma visita.

Mas se pensa que ali vai chegar e encontrar um edifício com uma placa a dizer “hotel” não poderia estar mais longe da verdade.

Marialva tem as suas casinhas em pedra e ao andarmos pelas ruas desta aldeia notamos que há uma área extremamente bem conservada e que nos transmite alguma harmonia nas suas ruelas.

É então que começamos a notar alguns acabamentos exteriores de elevada qualidade e vamos percebendo que afinal o hotel é um conjunto de casas que se integram perfeitamente no contexto da aldeia.

As Casa de Côro têm um conjunto crescente de casas e uma “casa” maior onde se localiza o restaurante, sala de estar, sala de jantar e zona de pequeno-almoço.

Cada uma das casas é autónoma com os suas quartos com casa de banho privativa, salas diversas e cozinha.

Se procurar um adjetivo para caracterizar as Casa do Côro escolherei elegância.

A decoração é de um cuidado extremo não comprometendo em nada a funcionalidade e de uma elegância ao mais alto nível sem ser ostensivo.

Este é o tipo de local que eu, enquanto guia, simplesmente adoro porque tudo funciona tão bem quanto o bom aspeto que tem.

O serviço é simplesmente excelente com o máximo cuidado nos pormenores e são os detalhes que fazem as grandes diferenças.

Ao falarmos com os donos, Paulo e Carmen Romão, entendemos de onde transpira tanta elegância e profissionalismo. Sentimos que neste projeto está a alma deste casal em cada cantinho.

Já conheço o espaço desde 2010, apesar de ele existir sensivelmente desde 2000, e já aqui estive  em todas as estações do ano e foi sempre excelente.

Claro que tenho uma altura do ano que é a minha preferida: quando está mau tempo.

Após estar a caminhar com um grupo de clientes que já apanharam chuva e frio, entrar na casa grande e ver que já haviam acendido as lareiras à nossa espera e quando entramos perguntam-nos: querem um chá quente enquanto se secam à lareira? … isto é ouro.

Divirtam-se.

David Monteiro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s