Caminhada de Saint-Jean-de-Luz a Hendaye, País Basco, França

A caminhada de Saint-Jean-de-Luz a Hendaye é uma oportunidade a não perder.

Não que isso seja um problema mas também não é uma tipologia de local sobre o qual neste site seja costume referenciar-se, e se agora o faço então é porque deve haver uma razão para tal.

Esta localidade ganhou notoriedade por muitas razões entre as quais porque foi aqui que Luís XIV, o Rei Sol, casou com Maria Teresa de Áustria como parte do acordo que pôs fim à Guerra dos trinta Anos. Também a sua fama lhe é devida pela praia de areia fina, caso que não abunda por estas bandas.

Saint-Jean-de-Luz fica frequentemente repleta de turistas e toda a localidade está preparada para os receber. Há lojas de tudo e os e preços praticados por estas bandas são proibitivos.

É neste ambiente turístico que começará a nossa caminhada costeira em direcção à mariana de Hendaye. O percurso chama-se Sentier do Litoral e é esse mesmo que aqui se percorre com pouco menos de 12Km e o desnível positivo acumulado não ultrapassa os 400m.

O trajeto começa percorrendo um longo passeio marítimo que liga Saint-Jean-de-Luz às localidades vizinhas Ciboure e Socoa.

Aqui haverá que aligeirar a nossa sede por caminhadas em trilhos remotos e não humanizados já aqui tal não é de todo o caso.

No entanto, este percurso dá-nos uma grande diversidade de paisagens e muitos pontos de interesse.

Listo um conjunto de pontos de interesse que podem ser vistos durante o percurso(*):

– Igreja de Saint-Jean-Baptiste de Saint-Jean-de-Luz, local onde foi celebrado o casamento de Luís XIV e Maria Teresa de Áustria;

– Casa de Ravel em Ciboure;

– Forte Socoa;

– Bunker alemão, construído em 1941;

– Roldanas para recolha de algas;

– Haicabia (hotel para funcionários da empresa de caminhos de ferro franceses;

– Maison de la Corniche;

– Château d’Abbadia;

– Praia de Hendaye;

– Marina de Hendaye.

(*) Pela existência de múltiplos pontos de interesse em Saint-Jean-de-Luz optei por apresentar aquele que me pareceu mais relevante para o assunto em questão.

Resumidamente, até ao Forte de Socoa e da Praia de Hendaye até à Marina temos uma caminhada em zona urbana. O restante trajeto é em trilho de terra batida mas que exige caminhar algumas seções junto à estrada que segue ao longo da costa.

Ainda assim, mesmo considerando os aspetos menos interessantes, é um trajeto a não perder.

Divirtam-se,

David Monteiro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s