De Porto dos Frades a Vila Baleira, Porto Santo

Provar umas iguarias e depois embarcar numa caminhada relaxante de Porto dos Frades a Vila Baleira para “desmoer” … haverá lá coisa melhor?

Este cenário está entre as coisas boas da vida.

Chegamos a Porto dos Frades e já eram horas de almoçar.

Íamos caminhar até Vila Baleira depois de comer e por isso estava fora de questão sentar e embarcar em grande comezaina. Mas, a possibilidade de provar os petiscos que já nos tinham fisgado era uma ideia que me agradava.

À porta do restaurante com o mesmo nome do local amontoavam-se os carros das gentes locais, era o primeiro bom sinal.

Espreitámos lá para dentro e o ambiente não dava sinal de turistas, o que era o segundo excelente sinal.

Sentámo-nos na esplanada e pedimos uma sandes de polvo guisado, uma sandes de espada frito e uma salada, como se para nós fossem as coisas mais do mundo.

Em pouco tempo já estava tudo na mesa e tinha um bom aspeto tremendo.

Estava tudo divinal.

Lambuzei-me com estes petiscos e perdi completamente a concentração do momento. Quando dei por mim já nada restava para fotografar.

Enfim, digamos que criei a oportunidade de aqui voltar e poder arranjar as provas gráficas que ficam agora a faltar.

Aaaaaahhhhh mas o objetivo era escrever sobre a caminhada … pois bem aqui vai.

De Porto dos Frades tínhamos como objectivo caminhar até Vila Baleira.

A expectativa era mais do que muita já que, ao programar o passeio vi um trilho no mapa que seguia pela costa mas a certa altura aparecia a tracejado sem haver qualquer explicação para isso.

Começámos a caminhar e após uns minutos apareceu uma placa que aí está para alertar sobre a possível caída de pedras. Pensei que fosse essa a razão deste caminho não estar marcado.

O caminho parece estar feito para fotógrafos porque segue relativamente perto da rebentação para captar detalhes e sentir a força do mar.

Para adicionar interesse ao percurso atravessamos um túnel que acaba por explicar o tracejado que antes era um enigma.

O percurso tem um terminar muito longo que se materializa na descontraída caminhada ao longo do areal que nos leva até Vila Baleira.

Acho sinceramente que é uma caminhada imperdível para quem visite Porto Santo mas sem nunca esquecer que há avisos sobre potenciais riscos.

Divirtam-se,

David Monteiro

PS: este percurso tem aproximadamente 6Km sem desníveis relevantes.

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s