O Gerês, Parque Nacional Peneda-Gerês

O Gerês pertence ao grupo de espaços que fazem o imaginário português de caminhadas de montanha, cascatas cristalinas e espaços naturais.

Se recuarmos alguns anos, talvez uns 15 ou 20, ir para o Gerês era uma imensa aventura em que embarcávamos numa viagem que partindo de carro desde a zona de Lisboa, demoraria umas nove horas, sempre dependendo de onde íamos mais exactamente, claro está.

Hoje em dia, a mesma distância faz-se em menos de cinco horas mas o imaginário mantêm-se intacto.

São cada vez mais numerosos os grupos de montanheiros que encontro a caminhar no PNPG, Parque Nacional Peneda Gerês, mas também são cada vez mais numerosos os relatos de problemas com grupos de montanheiros.

 

Seja na zona do Gerês, percorrendo trilhos emblemáticos que nos levam como seja o da da Pedra Bela ou de Pitões das Júnias ou seja na zona da Peneda caminhando desde Soajo, o importante é o pleno usufruto deste Parque, em segurança e sem correr riscos desnecessários.

Como ponto de partida para saber informações sobre o PNPG sugiro a visita a http://www.icnf.pt/portal/ap/pnpg

Divirtam-se,

David Monteiro

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s